segunda-feira, 30 de janeiro de 2023

🐞 Saber ouvir...




 Vez por outra  somos cumplices de situações que podem nos fazer rir. 

Um vizinho, já bem vovozinho resolveu  fazer algo diferente para seus dias passar e espantar o vazio de sua velha casa .

A sua voz era já fraquinha, apagada mas  por vezes aconteciam esganiçados sons.    

Era engraçado se ver janelas sendo velozmente fechadas. 

Mas ainda bem, zombaria não se via! 

Zelavam pela boa  vizinhança e respeitavam o direito dele ser feliz cantando ao invés de chorar!


beijos, chica

segunda-feira, 23 de janeiro de 2023

🐞 Cenário afetivo...


“Céu de algodão” -Original pintado por Kazé Fraga


Aqui minha participação na BC da Norma: Uma imagem, um conto


(((o)))o(((o)))o(((o)))

 Rita, na adolescência,  havia morado no Rio  e estudado por lá!  

Anos mais tarde, em outro Estado, casou com Joel.

Gostam muito de lá, mas  faz muito tempo que  não voltam ao Rio de Janeiro.

E até um neto nascido lá tiveram, já que uma das filhas lá morou e foi motivo de muitas visitas por lá! 

Para eles, por mais que  o tempo passe, a  cidade maravilhosa  não perde a magia.

Lemnram que  a cada  aterrissagem, Rita procurava ver antes de tudo, a Igreja N. Sra da Penha que tantas recordações lhe trazia. 

Era o primeiro ponto a ser olhado e revisto e depois, ainda da janela do avião, fazia uma oração, lembrava dos pais e só depois, tentavam ver as outras belezas que de lá do alto avistavam !

Sempre que podiam davam escapadas para lá, mas o tempo passou e hoje precisam de outro tipo de viagens fazer. 

Precisam agora mais tranquilidade e menos agitos...

Porém sempre que  veem a vista de lá, seja em cartões, calendários ou TV, sabem que dificilmente um lugar mais lindo em belezas naturais hão de encontrar. 

Deus estava inspiradíssimo quando tudo aquilo criou.

Ficam as lindas recordações dos momentos lindos por lá vividos!

Participem lá na NORMA também!

beijos, chica

segunda-feira, 16 de janeiro de 2023

🐞 Proteção...




Em 77 palavras, acontece AQUI


 Era uma fase de grandes PROTESTOS na capital e  o PROTAGONISTA de nossa história era muito metido e sempre envolvido nisso.


Mas antes de sair de casa para se juntar aos demais, preparou um bem PROTEICO lanche! 

Ao dar a segunda dentada, sua PRÓTESE engoliu.

Agora iria ainda assim, com máscara para ninguém ver. 

E esperava PROTEÇÃO e confiava  que após seguidos PROTOCOLOS normais, a mesma surgisse! 

Confiava na N.Sra. dos Intestinos.

Ela sempre o PROTEGIA!


Em 77 palavras, acontece AQUI

beijos, chica